Museu
O museu do Engenho Colonial propõe uma narrativa que evidencia a história do engenho, o qual deu origem a Cachaça Colonial, como também busca situar a cachaça no cenário histórico e cultural brasileiro.

A exposição consta de objetos, que pertenceram ao primeiro engenho do Sítio Colégio, bem como objetos adquiridos posteriormente, que compõem uma narrativa que perpassa pela história econômica da cidade de Aquiraz e se entrelaça com a história colonial de nosso país.



Compreendendo o museu como um lugar de análise e não de contemplação dos objetos, o museu do Engenho Colonial propõe uma discussão crítica acerca da mudança nas relações de trabalho, associadas ao cultivo e usos da cana, bem como a influência que se fez sentir nos mais variados aspectos da nossa cultura.

Os tipos de engenhos expostos mostram as diversas fases do processo produtivo dos derivados da cana-de-açúcar, em especial, da cachaça. É possível conhecer cada etapa do trabalho artesanal, dos primeiros engenhos de tração animal até a utilização de uma centrífuga com motor a vapor que condensava os cristais de açúcar. 

A exposição também traça um paralelo com o processo de produção da Cachaça na atualidade, para que se tenha uma compreensão crítica das permanências e rupturas, de uma atividade que marcou e marca a história econômica e social de nosso país.

O Museu do Engenho Colonial foi inaugurado em janeiro de 2012 e já está aberto para visitação.

cadastre-se

© Copyright 2014 Engenhoca Parque Ecoeducativo - Todos os Direitos Reservados Brasil
FACEBOOK Twitter Blog Youtube